Seu guia de fornecedores para área magistral

Description

Existem resultados conflitantes sobre o papel da vitamina D na carcinogênese cutânea. Contudo, pesquisadores investigaram se o uso de suplementos orais de vitamina D podia estar associado a redução do risco de cânceres de pele.

Para elucidar a pesquisa, 498 indivíduos adultos (com idades entre 21 e 79 anos, 253 homens, 245 mulheres) com risco de qualquer tipo de câncer de pele foram divididos em três grupos com base no uso de suplementos orais de vitamina D : 1) não usava; 2) usava ocasionalmente; 3) usava regularmente. O nível sérico de 25-hidroxivitamina-D3 foi analisado. 

De acordo com os pesquisadores, as pessoas que tomavam vitamina D regularmente eram menos propensas a ter melanoma, uma forma de câncer de pele, do que aquelas que não tomavam suplementos. A análise dos pesquisadores também determinou que o nível de risco de melanoma entre os usuários de suplementos de vitamina D foi significativamente reduzido em comparação com os não usuários.

Apesar dos resultados, os autores e especialistas no assunto sugerem que as pessoas devem seguir as diretrizes nacionais para tomar suplementos de vitamina D e alertam que é improvável que a manutenção apenas dos níveis de vitamina D seja suficiente para previnir ou tratar o melanoma.

.

Bibliografia consultada:

Kanasuo E; et al. Regular use of vitamin D supplement is associated with fewer melanoma cases compared to non-use: a cross-sectional study in 498 adult subjects at risk of skin cancers. Melanoma research, 2022.

Related Posts

A canela contém polifenóis que podem melhorar a homeostase da glicose e reduzir as concentrações de ...
Magistral Guide
22 de fevereiro de 2024
Um estudo recente mostrou que 5 anos de suplementação de vitamina D estava associado a uma redução ...
Magistral Guide
20 de fevereiro de 2024
Os cremes vaginais estão presentes nas farmácias de manipulação e são frequentemente prescritos para ...
Magistral Guide
17 de fevereiro de 2024