Seu guia de fornecedores para área magistral

Description

O Ginkgo biloba  é uma das plantas medicinais mais utilizadas para o tratamento de diversas doenças em todo o mundo. O nome “Ginkgo” deriva de uma transcrição errônea do nome japonês Ginkyo , que significa fruta prateada. O nome “biloba”, refere-se ao formato bilobado das folhas. Essa planta tem sido usado clinicamente para a prevenção e tratamento de diversas doenças cardiovasculares, incluindo hipertensão, doença cerebrovascular, doença arterial periférica, doença venosa periférica, fenômeno de Raynaud e disfunção erétil. Além disso, também é relatado na literatura seu uso no declínio cognitivo, demência e zumbido.

Embora alguns ensaios clínicos mostrem resultados positivos, algumas revisões sistemáticas e meta-análises mostraram evidências menos animadoras. Um trabalho recente publicado na Biology, buscou fornecer uma revisão abrangente completa e atualizada das atividades cardiovasculares do Ginkgo biloba em indivíduos saudáveis, especificamente sobre os mecanismos que afetam a pressão arterial e a hemodinâmica. 

Através da análise bibliográfica de mais de 140 artigos, os autores relataram que o Ginkgo biloba apresenta um efeito modulador na função cardíaca ao atuar em diferentes canais iônicos nos cardiomiócitos. Também apresenta atividade vasorrelaxante, atribuída à potencialização da liberação endotelial de óxido nítrico e prostanóides, além do bloqueio dos canais de cálcio na musculatura lisa vascular. Em humanos saudáveis, o Ginkgo biloba aumenta a perfusão sanguínea em diferentes tecidos como ocular, coclear, cutâneo, cerebral e coronário, sem afetar significativamente a pressão arterial. Embora escassas, evidências sugerem que o metabolismo individual de Ginkgo biloba é um importante determinante da natureza e magnitude da resposta vascular, e coletivamente, apresenta um perfil de segurança aceitável, com a maioria das reações adversas relatadas como raras. 

O Ginkgo biloba impacta positivamente a fisiologia cardiovascular, melhorando a hemodinâmica e a perfusão dos órgãos. No futuro, estudos clínicos mais bem controlados devem ser realizados para identificar as populações-alvo que podem se beneficiar mais de intervenções farmacoterapêuticas envolvendo Ginkgo biloba. melhorando a hemodinâmica e a perfusão dos órgãos. 

.

Bilbiografia consultada:

Silva H; martins FG. Cardiovascular Activity of Ginkgo biloba—An Insight from Healthy Subjects. Biology, 2023.

Related Posts

Alguns estudos sugerem que os suplementos multivitamínicos podem aumentar o risco de câncer ...
Magistral Guide
20 de maio de 2024
O selênio é um componente essencial das selenoproteínas e enzimas antioxidantes, que têm atraído ...
Magistral Guide
17 de maio de 2024
A asma, caracterizada por sibilos recorrentes, falta de ar, aperto no peito e tosse, é um grande ...
Magistral Guide
13 de maio de 2024