Seu guia de fornecedores para área magistral

Description

A síndrome dos ovários policísticos (SOP) é ​​uma endocrinopatia comum em mulheres em idade reprodutiva e está associada a uma variedade de condições metabólicas, incluindo diabetes mellitus tipo 2, hipertensão, dislipidemia, doença cardiovascular e aterosclerose. Os tratamentos de primeira linha são principalmente modificações no estilo de vida, incluindo exercícios e alterações na dieta, já que o desequilíbrio nutricional é uma base essencial para a resistência à insulina na SOP. 

Estudos recentes apontam que combinações de suplementos alimentares podem impactar de forma positiva o tratamento da SOP. Há evidencias do uso concomitante de magnésio e vitamina E por 12 semanas, obtendo efeitos benéficos nos parâmetros metabólicos da insulina juntamente com marcadores de risco cardiometabólico. Além disso, estudos também mostram que o uso de ácidos graxos ômega-3 em conjunto com a vitamina E por 12 semanas em mulheres com SOP melhoraram significativamente os índices de resistência à insulina e a testosterona total e livre.

Contudo, uma revisão sistemática propôs avaliar os efeitos da suplementação de Vitamina E sobre fatores de risco cardiometabólicos, marcadores inflamatórios e oxidativos e funções hormonais em mulheres com SOP, através de resultados de ensaios clínicos.

Foram revisados 353 artigos. Desses, 12 artigos atenderam aos critérios de inclusão onde os autores puderam concluir que a suplementação de vitamina E é capaz de melhorar o perfil lipídico de triglicerídeos (TG) e lipoproteínas de baixa densidade (LDL), diminuir os níveis de insulina e HOMA-IR  (grau de resistência insulínica),. Além disso, mulheres com SOP que utilizam vitamina E apresentaram diminuição nas concentrações de LH e testosterona, bem como aumento das concentrações de FSH e progestrona. Dessa forma, regimes suplementares contendo vitamina E podem afetar positivamente os parâmetros metabólicos e hormonais em mulheres com SOP.

.

Bibliografia consultada:

Tefagh G; et al. Effect of vitamin E supplementation on cardiometabolic risk factors, inflammatory and oxidative markers and hormonal functions in PCOS (polycystic ovary syndrome): a systematic review and meta-analysis. Scientific Reports, 2022.

Related Posts

Alguns estudos sugerem que os suplementos multivitamínicos podem aumentar o risco de câncer ...
Magistral Guide
20 de maio de 2024
O selênio é um componente essencial das selenoproteínas e enzimas antioxidantes, que têm atraído ...
Magistral Guide
17 de maio de 2024
A asma, caracterizada por sibilos recorrentes, falta de ar, aperto no peito e tosse, é um grande ...
Magistral Guide
13 de maio de 2024