Seu guia de fornecedores para área magistral

Description

Mais um ano se passou! Esse foi 2020, um ano marcado pela Covid-19 onde as notícias falavam direta ou indiretamente sobre o coronavírus. As pesquisas científicas na área da saúde, concentraram suas forças na busca por uma vacina ou um possível tratamento para a doença. Foi uma corrida contra o tempo! Diariamente artigos eram publicados nas revistas científicas, tentando esclarecer as inúmeras dúvidas que a Covid-19 foi nos trazendo. Mas em paralelo a todo esse mundo de coronavírus, houve outros avanços marcantes em 2020 na área da saúde. Confira conosco os principais marcos desse ano:

Coronavírus

Com certeza o ano foi marcado pela Covid-19. A doença que inicialmente começou na China se espalhou por todos os continentes, tornando-se a maior pandemia da história desde a gripe espanhola, causando mortes e colapso no sistema de saúde. Pesquisadores do mundo inteiro moveram-se contra o tempo para desenvolver vacinas contra a doença, algumas delas desenvolvidas inclusive com tecnologia inovadora.

Alzheimer

Os cientistas descobriram um teste de sangue simples que diagnosticou com precisão o Alzheimer nos primeiros estudos. Se o teste, que busca proteínas indicativas da doença, tiver um bom desempenho em estudos adicionais, ele oferecerá a primeira triagem fácil e precoce para essa doença debilitante.

Dengue

As taxas de infecção da dengue em Yogyakarta, Indonésia, foram reduzidas em 77% depois que os cientistas liberaram mosquitos modificados na natureza. Os cientistas criaram populações de A. aegypti carregando W. pipientis, bactéria que parece inibir a replicação viral.

Enxaqueca

Em fevereiro, uma equipe das Universidades de Birmingham e Lancaster publicou um estudo que descobriu que quem sofre de enxaqueca parece ter um córtex visual hiperexcitável . O estudo fornece evidências de que provavelmente há anomalias específicas presentes na maneira como o córtex visual de quem sofre de enxaqueca processa informações do mundo exterior.

Plástico

Cientistas desenvolveram “superenzimas” comedoras de plástico que podem degradar garrafas em dias. As enzimas quebram um tipo comum de plástico chamado tereftalato de polietileno (PET) – usado em garrafas descartáveis, bem como em roupas e tapetes – em seus blocos de construção químicos.

Ranitidina

RE nº 3259/2020 publicada dia 27 de agosto, pela ANVISA proíbe a comercialização, distribuição, fabricação, importação, manipulação e propaganda da Ranitidina. O motivo alegado é a possibilidade de formação da substância N-nitrosodimetilamina (NDMA) nos medicamentos contendo ranitidina, que ocorre devido à degradação da própria molécula de forma espontânea. Como até o momento não foi identificado uma maneira para estabilizar tal reação, ficou assim determinado a proibição da ranitidina.

HIV

Primeiro brasileiro (e 4º no mundo) zerou sua carga viral a partir de estudo liderado pela Universidade Federal de São Paulo, junto com outros 29 pacientes que não tiveram a mesma sorte. A notícia renova as esperança de estarmos cada vez mais perto da cura do HIV.

Depressão

Seguindo o FDA que aprovou a Escetamina em 2019, no Brasil a ANVISA aprova o medicamento em novembro de 2020. O fármaco é utilizado em casos mais graves de depessão é aplicado via nasal apenas em hospitais e clínicas autorizadas.

CRISPR

Pela primeira vez, tratamento de edição genética com CRISPR é feito diretamente no corpo do paciente. O tratamento faz parte de um estudo clínico de referência que visa testar a capacidade das técnicas de edição de genes CRISPR-Cas9 de removerem as mutações que causam uma patologia rara chamada amaurose congênita de Leber 10 (ACL10). Atualmente não existe qualquer tratamento para a doença, que é uma das principais causas de cegueira na infância.

.

.

Bibliografia consultada:

Palmqvist S, et al. Discriminative Accuracy of Plasma Phospho-tau217 for Alzheimer Disease vs Other Neurodegenerative Disorders. JAMA, 2020.

Anders KL, et al. The AWED trial (Applying Wolbachia to Eliminate Dengue) to assess the efficacy of Wolbachia-infected mosquito deployments to reduce dengue incidence in Yogyakarta, Indonesia: study protocol for a cluster randomised controlled trial. Trials, 2018.

Fong CY, ey al. Differences in early and late pattern-onset visual-evoked potentials between self- reported migraineurs and controls Neurolmage: clinical, 2020.

Knott BC, et al. Characterization and engineering of a two-enzyme system for plastics depolymerization. PNAS, 2020.

ANVISA RE 3259/2020

El Pais

Nature

Related Posts

As pesquisas científicas deixaram bem documentado o papel da serotonina na patogênese da depressão, ...
Magistral Guide
27 de janeiro de 2021
O café é uma das bebidas mais populares do mundo. No Brasil é  segunda bebida mais consumida, ...
Magistral Guide
22 de janeiro de 2021
Já é de conhecimento que durante a gravidez é importante manter bons níveis endógenos de vitamina D ...
Magistral Guide
21 de janeiro de 2021