Description

Até hoje as fases da lua ainda fascinam e trazem um grande mistério. Mas será mesmo que elas podem influenciar em processos fisiológicos como crescimento de cabelo, nascimento, sono e até mesmo no ciclo menstrual? Trouxemos para vocês uma revisão científica sobre os principais estudos em relação as fases lunares e a menstruação e por incrível que pareça alguns estudiosos acreditam sim que há relação.

Qual a relação entre as fases lunares e a menstruação?

A menstruação é um processo cíclico, assim como as fases da Lua – da lua nova à lua crescente. Não é de admirar, então, que poetas, filósofos e estudiosos tenham, ao longo dos séculos, traçado paralelos entre os dois, sugerindo que eles podem estar conectados.

A mística da Lua e dos corpos femininos levou o filósofo grego Aristóteles a afirmar, no século 4 aC, que: “A menstruação tende a ocorrer naturalmente durante a lua minguante […]. Pois esta época do mês é mais fria e úmida devido ao definhamento e desaparecimento da Lua ”.

A crença popular e muitas obras da literatura sugerem que pode haver alguma sincronicidade entre a menstruação e as fases da lua. Isso pode ser baseado na semelhança de duração entre os ciclos menstruais e os lunares. Uma volta completa da Lua ao redor da Terra leva 27 dias, 7 horas e 43 minutos. A duração dos ciclos menstruais pode estar na faixa de 25-30 dias, com a duração média de 28 dias.

E o que dizem os estudos?

Um estudo de 1986 – conduzido por Sung Ping Law, do Departamento de Ginecologia do Canton Traditional Chinese Medical College em Guangzhou – pareceu encontrar uma ligação entre os ciclos menstrual e lunar. A pesquisa, publicada na revista Acta Obstetricia et Gynecologica Scandinavica , estudou os ciclos de 826 participantes do sexo feminino, com idades entre 16 e 25 anos, ao longo de “4 meses lunares em estações diferentes”.

O conceito de estudo, escreve o autor, “foi baseado no conceito da medicina tradicional chinesa de que os ritmos fisiológicos humanos exibem sinergia com outros ritmos naturais”.

Law descobriu que uma grande proporção das menstruações ocorreram por volta da lua nova. Isso levou o pesquisador a deduzir que os períodos de ovulação tendiam a coincidir com a lua cheia.

No entanto, pesquisas mais recentes contradizem a noção de que os ciclos menstruais freqüentemente sincronizam com as fases da lua.

Por exemplo, um estudo retrospectivo do ano de 2013, publicado na revista Endocrine Regulations, não encontrou “sincronia das fases lunares com o ciclo menstrual”. Este estudo monitorou 980 ciclos menstruais em 74 mulheres em idade reprodutiva durante um ano. Os autores dizem que as descobertas vieram “desafiar as crenças tradicionais”.

Uma avaliação mais recente feita pela empresa que programa o aplicativo de rastreamento de período Clue, também concluiu que a sincronia entre os ciclos menstrual e lunar é um “mito”. Esta pesquisa, que analisou mais de 7,5 milhões de ciclos menstruais, sugere que os períodos “não sincronizam com o ciclo lunar”.

Os pesquisadores coletaram dados sobre os padrões menstruais de 1,5 milhão de usuárias do Clue. A cientista de dados de pistas, Dra. Marija Vlajic Wheeler, os analisou. “Olhando para os dados, vimos que as datas de início do período caem aleatoriamente ao longo do mês, independentemente da fase lunar”, diz a Dra. Wheeler.

Os dados brutos do Clue e as análises subsequentes não estão disponíveis ao público.

Sincronizações intermitentes

O mais recente estudo, publicado em janeiro de 2021 na revista Science Advances , no entanto, sugere que pode haver mais na ideia de sincronia entre as fases lunares e os ciclos menstruais do que pesquisas anteriores podem ter indicado.

Este estudo em pequena escala analisou os padrões menstruais de 22 participantes que acompanharam o início do período menstrual por até 32 anos.

“Juntos, tivemos gravações de 15 mulheres com 35 anos ou menos e de 17 mulheres com mais 35 anos”, relata Foster, autora principal do estudo.

O estudo descobriu que aquelas cujos ciclos menstruais eram mais longos do que 27 dias tinham sincronia intermitente com dois dos ciclos da Lua: o ciclo de luminância e o ciclo gravimétrico.

O ciclo de luminância refere-se às diferentes intensidades de luz da Lua conforme sua posição em relação ao Sol muda e ela passa por suas diferentes “fases”, da lua nova à lua cheia.

O ciclo gravimétrico refere-se à diferença cíclica da “atração” da Lua na Terra enquanto ela orbita ao redor de nosso planeta. Como a órbita da Lua é elíptica, às vezes ela está mais distante da Terra, às vezes ela se aproxima.

Seu ciclo do perigeu (quando está mais próximo da Terra) ao apogeu (quando está mais distante da Terra) dura 27,5 dias. Dependendo de onde está em sua órbita, a Lua exerce uma atração gravitacional diferente em diferentes partes da Terra.

Um terceiro ciclo lunar – o mês tropical , ou o tempo médio da revolução da Lua de qualquer ponto em sua órbita até aquele mesmo ponto – também parecia estar ligado ao início do período, embora “em menor grau”, de acordo com o autores do estudo.

A equipe também observou que, embora os ciclos menstruais sincronizassem intermitentemente com os ciclos da Lua, a probabilidade de sincronia diminuía à medida que as participantes envelheciam.

De forma geral, os pesquisadores observaram que o ciclo de intensidade de luz da Lua parecia ser o ciclo lunar mais influente em termos de seu efeito no início da menstruação.

“Nossa hipótese é que, nos tempos antigos, o comportamento reprodutivo humano era sincronizado com a Lua, mas que nosso estilo de vida moderno, notadamente nossa crescente exposição à luz artificial, mudou essa relação”, explica Foster e colegas.

Ciclo circadiano, luz e menstruação

Pesquisa divulgada no Journal of the Endocrine Society avaliou as flutuações no nível sanguíneo de melatonina – hormônio fundamental para regular os ritmos circadianos, e especialmente o ciclo sono-vigília – durante o ciclo menstrual. Foi possível observar que a melatonina atinge seu pico um pouco antes do início da menstruação e diminuem, em geral, quanto mais perto a mulher chega da menopausa.

Além disso, há algumas evidências que sugerem que a luz artificial pode interromper os ciclos de sono-vigília e ter um impacto negativo na duração e na qualidade do sono.

Esses dados corroboram para a hipótese de que a luz artificial afete a sincronicidade natural das mulheres com os ciclos lunares. Apesar das evidências existentes sugerirem que a luz artificial afeta vários aspectos dos ritmos circadianos, faltam pesquisas sobre como ela pode interferir nos ciclos menstruais.

“O que sabemos dos ritmos circadianos é que seu período é fortemente afetado pela luz. Dependendo da espécie, [este] período fica mais curto ou mais longo com o aumento da intensidade da luz. Obviamente, isso também se aplica aos ritmos mensais, como o ciclo menstrual. Em ritmos circadianos, a luz interfere nos mecanismos moleculares que os geram. Para ritmos mensais, os mecanismos moleculares ainda não são conhecidos. Portanto, eu também não sei os mecanismos [subjacentes] como a luz os afeta.” declara Foster, principal autora do estudo

A sincronia intermitente entre os ciclos menstruais e lunares não é mera coincidência, afirma a pesquisadora. “Fizemos testes estatísticos sofisticados que revelaram que a sincronia intermitente não ocorre por acaso”, concuiu.

Mais estudos para confirmar

Embora esse novo estudo possa ter aberto novos caminhos para a pesquisa dos padrões menstruais, muito mais trabalho é necessário para confirmar se há ou não uma sincronia com os ciclos lunares e, em caso afirmativo, quais mecanismos biológicos podem estar em jogo.

Pesquisas futuras devem incluir uma coorte maior e mais inclusiva, observam os pesquisadores em seu artigo de estudo. Além do número limitado de participantes no estudo recente, também havia uma escassez de variação na diversidade de participantes.

.

Bibliografia consultada:

Law SP. The Regulation of Menstrual Cycle and its Relationship to the Moon. Acta Obstetricia et Gynecologica Scandinavica, 1986

Ilias I, et al. Do lunar phases influence menstruation? A year-long retrospective study. Endocr Regul., 2013

Greendale GA, et al. Melatonin Patterns and Levels During the Human Menstrual Cycle and After Menopause. Journal of the Endocrine Society, 2020

Disponível em Medical News Today. Traduzido e adaptado por Magistral Guide

Related Posts

. O trabalhador que manipula produtos que liberam substâncias contaminantes está exposto a riscos de ...
Magistral Guide
19 de abril de 2021
O câncer de mama é o tipo mais comum de câncer diagnosticado entre as mulheres em todo o mundo. ...
Magistral Guide
15 de abril de 2021
Quando o tratamento não está dando certo é comum que a o paciente jogue a responsabilidade para a ...
Magistral Guide
13 de abril de 2021