Seu guia de fornecedores para área magistral

Description

A vaginose bacteriana é uma infecção vaginal que afeta de 15% a 50% das mulheres em idade reprodutiva. Um estudo publicado em maio de 2020 no The New England Journal of Medicine descobriu que as mulheres que inseriram um tipo de probiótico chamado Lactobacillus crispatus na vagina, duas vezes por semana, tinham menos probabilidade de ter uma recorrência da vaginose bacteriana, do que as mulheres que não utilizaram. Os especialistas não entendem totalmente o que causa a vaginose bacteriana, mas sabe-se que está associada ao crescimento excessivo de alguns microorganismos (como Gardnerella vaginalis ou Prevotella ), que superam as bactérias vaginais saudáveis, incluindo a do gênero Lactobacillus. Em muitos casos, a condição voltará após o tratamento. 

No estudo, todas as 228 mulheres no foram inicialmente tratadas para vaginose bacteriana com o antibiótico tópico padrão metronidazol. Mas depois desse tratamento, 152 das mulheres foram designadas para usar Lactobacillus crispatus por mais 11 semanas. O restante do grupo recebeu tratamento com placebo. Os pesquisadores descobriram que apenas 30% do grupo Lactobacillus crispatus teve uma recorrência da vaginose bacteriana na semana 12, em comparação com 45% do grupo placebo.

.

Bibliografia Consultada:

Disponível em Harvard Medical School. Traduzido e adaptado por Magistral Guide.

Related Posts

As pesquisas científicas deixaram bem documentado o papel da serotonina na patogênese da depressão, ...
Magistral Guide
27 de janeiro de 2021
O café é uma das bebidas mais populares do mundo. No Brasil é  segunda bebida mais consumida, ...
Magistral Guide
22 de janeiro de 2021
Já é de conhecimento que durante a gravidez é importante manter bons níveis endógenos de vitamina D ...
Magistral Guide
21 de janeiro de 2021