Seu guia de fornecedores para área magistral

Description

Com o inverno batendo na porta, as temperaturas baixando e o retorno das aulas presenciais, frequentemente as crianças voltam para casa abatidas e com sintomas de gripe e resfriados. Na grande maioria dos casos é o vírus Influenza em ação e em questões de dias o sistema imunológico da criança consegue combater o invasor. Mas se já é difícil um adulto suportar os sintomas que a influenza causa no corpo, imagina uma criança. Por isso, os pais sempre buscam alternativas para melhorar o sistema imune da criança prevenindo assim o desenvolvimento da doença. Uma estratégia é o uso de vitamina D, um hormônio imunomodulador que auxilia no aumento das defesas do corpo. Mas será que realmente funciona nas crianças?

Essa pergunta foi a proposta de um trabalho publicado no Journal of Microbiology, Immunology and Infection, elaborado por pesquisadores da Universidade de Tecnologia Médica Yuanpei em Taiwan. O estudo randomizado, duplo-cego e controlado incluiu 248 crianças de dois a cinco anos que frequentavam creches. Todos os participantes foram aleatoriamente designados para receber suplementação de vitamina D (2.000 UI/dia) diluída em óleo de coco ou placebo, por um período de um mês. 

Apesar do grupo que recebeu vitamina D ter apresentado uma redução de risco relativo de 84% contra influenza em comparação ao grupo placebo, esse resultado ainda não tem uma significância estatística. Assim, segundo os autores, a suplementação de vitamina D pode ter um pequeno efeito preventivo contra a infecção por influenza. Estudos com o uso da vitamina D a longo prazo ou com uma intervenção de alta dose de vitamina D a curto prazo devem ser avaliados em futuros trabalhos, podendo ser maneiras de melhorar ainda mais o efeito preventivo da vitamina D em infecção por influenza.

.

Bibliografia consultada:

Huang YN; et al. A randomized trial of vitamin D supplementation to prevent seasonal influenza and enterovirus infection in children. Journal of Microbiology, Immunology and Infection, 2022.

Related Posts

Alguns estudos sugerem que os suplementos multivitamínicos podem aumentar o risco de câncer ...
Magistral Guide
20 de maio de 2024
O selênio é um componente essencial das selenoproteínas e enzimas antioxidantes, que têm atraído ...
Magistral Guide
17 de maio de 2024
A asma, caracterizada por sibilos recorrentes, falta de ar, aperto no peito e tosse, é um grande ...
Magistral Guide
13 de maio de 2024