Seu guia de fornecedores para área magistral

Description

Journals of Gerontology  publicou recentemente um estudo intrigante, mostrando que idosos suplementados com uma associação de HMB (Hidroximetilbutirato) e vitamina D apresentaram melhores resultados na força e função muscular mesmo sem praticar exercício de resistência.

O HMB é um metabólito do aminoácido leucina que, em diversos estudos, comprovadamente auxilia na força e na função muscular. A vitamina D, embora envolvida em várias funções fisiológicas, sugere-se que auxilie também na musculatura corporal.

O estudo em questão, duplo-cego e controlado, envolveu 117 homens e mulheres com 60 anos ou mais que tinham níveis insuficientes de vitamina D de 15-30 ng/mL. Sessenta e quatro indivíduos foram designados a um programa de treinamento de resistência de três dias por semana durante um ano, enquanto o restante não participou do programa. Os grupos de exercício e não exercício foram divididos para receber diariamente 3 g de HMB em conjunto com 2.000 UI de vitamina D ou um placebo, ao longo do estudo de um ano. Os níveis séricos de 25-hidroxivitamina D e força muscular e funcionalidade foram avaliados no início do estudo e aos três, seis, nove e doze meses. 

Sem surpresa, os níveis séricos de vitamina D melhoraram ao longo do estudo em participantes de HMB e vitamina D. Aos três meses, o pico de torque da extensão do joelho (uma medida de força muscular) foi maior entre os participantes que receberam HMB e vitamina D do que os grupos de placebo, com um efeito significativo observado entre aqueles que não praticaram exercícios de resistência. Aos seis meses, os aumentos na massa corporal magra foram semelhantes entre os praticantes de exercícios que receberam HMB mais vitamina D e os praticantes de exercícios que receberam um placebo, enquanto entre os não praticantes de exercícios, a massa corporal magra foi significativamente maior entre os participantes de HMB e vitamina D em comparação com o grupo de placebo. 

Este estudo é a primeira investigação prospectiva de longo prazo comparando diretamente a ingestão de HMB e vitamina D3 em idosos saudáveis ​​com e sem atividade física, concluindo que a ingestão desses suplementos a longo prazo são capazes de aumentar a funcionalidade física e a força muscular nesse grupo de pessoas.

.

Bibliografia consultada:

Rathmacher JA; et al. Long-term Effects of Calcium β-Hydroxy-β-Methylbutyrate and Vitamin D3 Supplementation on Muscular Function in Older Adults With and Without Resistance Training: A Randomized, Double-blind, Controlled Study. Journals of Gerontology, 2020.

Related Posts

Estima-se que cerca de 73,8% dos atletas ingerem cafeína antes ou durante a competição (com uma ...
Magistral Guide
18 de junho de 2024
Uma meta-análise publicada na revista Molecules concluiu que a suplementação de resveratrol ajuda a ...
Magistral Guide
12 de junho de 2024
Skin picking, também chamado de transtorno da escoriação, nada mais é do que aquele comportamento ...
Magistral Guide
10 de junho de 2024